Praça Barão de Campo Belo

Construída a pedido do Barão de Campo Belo entre 1835 e 1857 e compõe o conjunto arquitetônico tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN).

O gramado verde que se estende rodeado por palmeiras imperiais tem em seu centro o Chafariz Monumental datado de 1846, projetado pelo arquiteto espanhol D. Joaquim Soto Garcia de La Veja, adorno construído para servir como fonte de água para a vila de Vassouras. Em seu entorno estão presentes diversos casarões datados do século XIX.

Já foi denominada Praça da Matriz, do Comércio, da Concórdia, Aquidabã, até receber o nome atual em homenagem ao seu criador. Concluída em 1857, quando foram plantadas as palmeiras e construídas as calçadas. O projeto criou um grande tapete verde ascendente em direção à Igreja Matriz cercado de palmeiras imperiais, com canteiros demarcados por arbustos recortados. No século XX foram colocados o lago, as demais árvores e os bustos.

Sublinhando o panorama da Praça Barão do Campo Belo, tendo à direita a Rua Barão de Tinguá, à esquerda, a Rua Luiz Pinheiro Werneck e aos fundos a Praça Sebastião de Lacerda, se eleva a Matriz de Nossa Senhora da Conceição.

 

Endereço: Rua Barão de Tinguá, 173-205 - Centro

Compartilhe essa página

© Copyright 2020 - VisiteVassouras.com.br - All Rights Reserved.

Built with Mobirise website software